Estudo sazonal do óleo essencial das folhas de Casearia sylvestris Sw. (guaçatonga) do PARNATijuca

Flaviane Pereira

Texto completo:

PDF

Resumen

Introdução: A espécie Casearia sylvestris Sw. é utilizada pela população como planta medicinal, e está inserida na lista da “Relação Nacional de Plantas Medicinais de Interesse ao Sistema Único de Saúde”. 

Objetivo: Avaliar o estudo sazonal da espécie C. sylvestris no Parque Nacional da Tijuca. 

Métodos: Os óleos essenciais de todas as estações foram extraídos por hidrodestilação em aparelho modificado de Clevenger por duas horas, e as análises foram feitas por cromatografia gasosa acoplada a espectrômetro de massas e cromatografia gasosa com detector de chama. 

Resultados: Verificou-se que os componentes majoritários deste óleo (germacreno B, γ-elemeno e β-elemeno) não apresentaram alterações em sua composição no período de um ano. Portanto, estudos sazonais são primordiais para a espécie C. sylvestris, tendo em vista que a mesma está presente na lista de Relação Nacional de Plantas Medicinais de Interesse ao Sistema Único de Saúde. Existe uma carência de informações sobre estudos sazonais para averiguar variações de componentes ativos que possam comprometer a utilização desta espécie como planta medicinal no país, assim como matéria-prima de produtos biotecnológicos. 

Conclusão: O óleo essencial de folhas de C. sylvestris coletadas no Rio de janeiro difere do perfil químico de outros indivíduos coletados em outros Estados do Brasil, além do que não houve variações na composição do óleo para os componentes majoritários.




Copyright (c) 2020 Flaviane Pereira

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional.