Atividade antioxidante e antimicrobiana das folhas e frutos de Citrus limon (L.) Burn (limão siciliano)

Gustavo Oliveira Everton, Maria Gessica Sales da Silva, Amanda Mara Teles, Adenilde Nascimento Mouchrek

Texto completo:

HTML

Resumen

Introdução: O Citrus limon (L.) Burn (limão siciliano) é uma importante planta medicinal da família Rutaceae, com origem proveniente da região sudeste da Ásia, dispõe de inúmeros benefícios e vasta aplicação de suas propriedades, seja na cultura popular ou nos mais diversos estudos científicos.
Objetivo: determinar a atividade antimicrobiana e antioxidante das folhas, macerado das cascas e suco in natura de C. limon (L.) Burn.
Métodos: As folhas secas e frutos de limão siciliano foram coletados no povoado Limoeiro, zona rural da cidade de Codó-MA. A metodologia utilizada para atividade antimicrobiana é nomeada como Método de Difusão em Disco (MDD) e Diluição em Caldo. Para avaliação da capacidade antioxidante empregou-se o método ABTS, além da quantificação do teor de compostos fenólicos totais.
Resultados: Os resultados demonstraram que o suco in natura apresentou atividade inibitória satisfatória frente as bactérias Staphylococcus aureus e Escherichia coli testadas, quando comparado aos efeitos do macerado de cascas e extrato das folhas. Todas as partes de C. limon (L.) Burn evidenciaram capacidade antioxidante significativa por apresentarem percentuais de inibição quantificados em 91.62 % a 99.72 % e teores de fenólicos totais entre 116.76 mg e 420.20 mg EAT/g.
Conclusão: As partes utilizadas do limão siciliano demonstram atividade antimicrobiana, antioxidante e elevado teor de fenóis totais, reforçando as informações advindas da medicina popular tradicional e aquelas obtidas nos ensaios in vitro sobre as propriedades do limão. Além disso, seus múltiplos benefícios servem como referência para novas pesquisas envolvendo seu uso nas indústrias alimentícias, química ou farmacêutica, servindo como referência para novas pesquisas envolvendo seu uso nas indústrias alimentícias, química ou farmacêutica.

Palavras-chave: Citrus limon, Staphylococcus aureus, Escherichia coli , atividade antimicrobiana, atividade antioxidante.





Copyright (c) 2019 Gustavo Oliveira Everton, Maria Gessica Sales da Silva, Amanda Mara Teles, Adenilde Nascimento Mouchrek

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional.