Tamanho de amostra em mudas de Rosmarinus officinalis L. (alecrim) cultivadas em diferentes substratos

André Schoffel, Jana Koefender, Juliane Nicolodi Camera, Diego Pascoal Golle, Roberta Cattaneo Horn

Texto completo:

HTML PDF

Resumen

Introdução: O uso de plantas medicinais para o tratamento de doenças tem aumentado e Rosmarinus officinalis L. é uma planta medicinal com inúmeras atribuições fitoterápicas.
Objetivo: Avaliar a propagação de R. officinalis por estaquia e determinar o tamanho de amostra, em número de plantas, para a estimação da média de caracteres mensurados em diferentes substratos.
Métodos: Foram utilizados seis substratos: substrato comercial (Mec Plant®) (100 %), substrato comercial (50 %) + solo (50 %), substrato orgânico (100 %), substrato comercial (75 %) + substrato orgânico (25 %), substrato comercial (50 %) + substrato orgânico (50 %) e solo (100 %). Para cada um dos substratos, foi realizado o plantio de 128 estacas em bandejas de poliestireno expandido que foram mantidas em casa de vegetação. Aos 60 dias após o plantio, em 60 plantas foram avaliados: massa fresca da parte aérea, massa fresca de raízes, massa seca da parte aérea, massa seca de raízes e comprimento da maior raiz. Foram calculadas as medidas de tendência central e variabilidade. O tamanho de amostra foi determinado por reamostragem com 2 000 reamostragens, com reposição. O tamanho de amostra foi determinado pelo número de plantas a partir do qual a amplitude do intervalo de confiança de 95% foi igual a 10 %, 20 %, 30 % e 40 % da estimativa da média.
Resultados: O uso do substrato comercial (100 %) e as combinações de substrato comercial (50 %) + orgânico (50 %) e substrato comercial (75 %) + orgânico (25 %) destacaram-se. O tamanho de amostra para os caracteres variou entre os substratos.
Conclusão: A estaquia de R. officinalis foi favorecida com a utilização do substrato comercial isolado ou em mistura com substrato orgânico e a avaliação de 42 plantas é suficiente para a estimação da média dos caracteres durante a produção de mudas para a amplitude do intervalo de confiança de 40 %.

Palavras-chave: Rosmarinus officinalis L.; estaquia; reamostragem; precisão experimental.






Copyright (c) 2019 André Schoffel, Jana Koefender, Juliane Nicolodi Camera, Diego Pascoal Golle, Roberta Cattaneo Horn

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional.