Caracterización y evaluación morfológica de partes aéreas de accesiones de Psychotria ipecacuanha (Brot.) Stokes (IPECA)

Raphael Lobato Prado Neves, Osmar Alves Lameira, Maria do Socorro Padilha de Oliveira, Fernanda Ilkiu Borges de Souza, Lucila Elizabeth Fragoso Monfor, Ruy Guilherme Correia

Texto completo:

HTML

Resumen

Introdução: a espécie Psychotria ipecacuanha (Brotero) Stokes, Rubiaceae, conhecida popularmente como ipeca, ipecacuanha ou poaia, encontra-se ameaçada de erosão genética e em vias de extinção.
Objetivos: caracterizar e avaliar acessos do Banco Ativo de Germoplasma de Psychotria ipecacuanha por caracteres morfológicos, e identificar descritores.
Métodos: foram estudados 17 acessos de Psychotria ipecacuanha, conservados in vivo na Embrapa Amazônia Oriental para 19 caracteres morfológicos da parte aérea da planta, sendo treze qualitativos e seis quantitativos. Desse total doze foram submetidos às análises multivariadas. A seleção dos descritores foi realizada pela análise de componentes principais.
Resultados: os acessos de Psychotria ipecacuanha apresentaram variações para boa parte dos caracteres, sendo sete qualitativos não variáveis. Dois caracteres foram considerados redundantes e dez selecionados como descritores. As dissimilaridades genéticas variaram de 0,19 a 0,77 com média de 0,55 e permitiram separar os acessos em dois com vários subgrupos e seis grupos divergentes pelos métodos UPGMA e de Tocher, respectivamente. Os caracteres "Altura da planta" e "Altura da primeira ramificação" foram os que mais contribuíram para a divergência entre os acessos.
Conclusões: os acessos de Psychotria ipecacuanha possuem ampla variação morfológica para a parte aérea da planta com dez caracteres sendo considerados descritores para essa espécie. Estas informações são inéditas para a espécie e servirão de base para o manejo do banco de germoplasma, na seleção de indivíduos de interesse dos programas de melhoramento e para fornecer informações fundamentais que facilitarão a identificação de espécimes em ecossistemas nativos ou plantados.

Palavras chave: componentes principais; variação morfológica; agrupamentos; plantas medicinais; Rubiaceae.




Copyright (c) 2019 Raphael Lobato Prado Neves, Osmar Alves Lameira, Maria do Socorro Padilha de Oliveira, Fernanda Ilkiu Borges de Souza, Lucila Elizabeth Fragoso Monfor, Ruy Guilherme Correia

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional.