Estudo etnobotânico de plantas medicinais e indicações terapêuticas no povoado Fomento, município de Codó, Maranhão, Brasil

Oswaldo Palma Lopes Sobrinho, Álvaro Itaúna Schalcher Pereira, Erika de Kássia Pereira Cantanhede, Rosinete dos Santos Xavier, Luciana dos Santos Oliveira, Aldemir da Guia Schalcher Pereira, Crispin Humberto Garcia Cruz

Texto completo:

HTML

Resumen

Introdução: Os fundamentos para estudos etnobotânicos são feitos pelos conhecimentos terapêuticos locais, que possibilitam o resgate dos saberes populares das comunidades maranhenses.
Objetivo:
Realizar um estudo etnobotânico por meio de conhecimentos tradicionais de plantas medicinais comumente utilizadas para fins terapêuticos pelos moradores do povoado Fomento, município de Codó, Maranhão, Brasil.
Métodos:
Foi realizada entrevistas semi-estruturadas, gravadas com a autorização prévia dos moradores, sendo transcritas posteriormente, buscando um estudo sobre as plantas medicinais mais utilizadas pelos moradores do povoado para fins terapêuticos.
Resultados:
As plantas utilizadas na medicina popular do povoado Fomento são: Schinus terebinthifolia, Aloe vera, Plectranthus barbatus, Cymbopogon citratus, Davilla rugosa, Cassia occidentalis L., Hyptis brevipes, Nasturtium Officinale, Lippia alba, Lavandula Officinalis, Himathantus drasticus, Momordica charantia L., Alpinia speciosa, Euterpe edulis e Solanum fastigiatum Willd.
Conclusões:
As plantas medicinais ainda são alternativas viáveis para o tratamento de enfermidades comumente observadas pelo povoado e o estudo etnobotânico através da identificação tornou-se uma ferramenta de grande importância.

Palavras-chave: fins terapêuticos; medicina popular; saberes populares.





Copyright (c) 2019 Oswaldo Palma Lopes Sobrinho, Álvaro Itaúna Schalcher Pereira, Erika de Kássia Pereira Cantanhede, Rosinete dos Santos Xavier, Luciana dos Santos Oliveira, Aldemir da Guia Schalcher Pereira, Crispin Humberto Garcia Cruz

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional.