Avaliação de atividades biológicas dos extratos de Commiphora leptophloeos (Imburana) (Mart.) J. B. Gillet

Thiago Pereira Chaves, Jocimar Silva Santos, Delcio de Castro Felismino, Ana Cláudia Dantas de Medeiros, Humberto Silva, Elaine Laíse Cavalcanti Clementino

Texto completo:

HTML

Resumen

Introdução: Commiphora leptophloeos (Mart.) J. B. Gillet (Burseraceae) é uma espécie vegetal utilizada na medicina tradicional da região semiárida brasileira contra diversas enfermidades, dentre as quais, destacam-se as infecciosas.
Objetivo: Avaliar atividades biológicas de extratos de C. leptophloeos obtidos por diversas técnicas de extração.
Métodos: Os extratos foram obtidos a partir das cascas por maceração, percolação, ultrassom e turbólise e submetidos a testes fitoquímicos, testes de suscetibilidade microbiana por microdiluição e de toxicidade aguda sobre náuplios de Artemia salina.
Resultados: As maiores concentrações de polifenóis e flavonoides foram encontradas nos extratos obtidos por turbólise. Os extratos de C. leptophloeos foram eficazes contra S. aureus. Os extratos apresentaram toxicidade moderada.
Conclusões: A planta estudada apresenta metabólitos secundários possuidores de importantes atividades farmacológicas e exibiram potencial antimicrobiano sobre S. aureus, sendo necessários novos estudos para avaliar a viabilidade desta planta para o desenvolvimento de novos medicamentos.

Palavras chave: Commiphora leptophloeos; plantas medicinais; etnofarmacologia; atividade antimicrobiana; toxicidade.

Comentarios sobre este artículo

Ver todos los comentarios




Copyright (c) 2019 Thiago Pereira Chaves, Jocimar Silva Santos, Delcio de Castro Felismino, Ana Cláudia Dantas de Medeiros, Humberto Silva, Elaine Laíse Cavalcanti Clementino

Licencia de Creative Commons
Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional.